Conteúdo

Na segunda semana de Julho, o presidente da Caixa Econômica Federal Pedro Guimarães publicou um vídeo nas Redes Sociais onde comunicava que as mais de 84 mil pessoas, que, conforme suas palavras, são a “Família Caixa” teriam acesso à vacinação contra o Covid-19 em sua totalidade. Segundo ele, este seria um reconhecimento do Governo Federal do trabalho decisivo no pagamento do Auxílio, Bolsa-família, financiamento às micro e pequenas empresas como papel relevante da Caixa para a população brasileira.  

                Entretanto, os Empresários e funcionários da Rede Lotérica que, por sua vez, estão na “linha de frente” desde o começo da pandemia realizando estas atividades como serviço essencial à população, não foram citados como contemplados deste benefício.

                De pronto o presidente da Federação Brasileira das Empresas Lotéricas – Febralot enviou um ofício para o Vice-presidente de Rede de Varejo, Paulo Henrique Ângelo de Souza a fim de que este intercedesse junto ao Programa Nacional de Imunização – PNI, à Presidência da República e junto ao Ministério da Saúde em favor da Classe Lotérica.

                Confira abaixo o ofício enviado em sua integralidade:

OF.FEBRALOT 054/2021
Brasilia, 07 de Julho de 2021
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

SR. PAULO HENRIQUE ANGELO SOUZA
D.D. VICE PRESIDENTE REDE DE VAREJO

Senhor Vice Presidente,

Tomamos conhecimento que os funcionários de agencias bancarias e os trabalhadores dos Correios foram incluídos no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19, através do Programação Nacional de Imunização – PNI.

 A FEDERAÇÃO BRASILEIRA DAS EMPRESAS LOTÉRICAS – FEBRALOT, como representante legal da Rede de Loterias, que é parceira da Caixa Econômica Federal,  vem respeitosamente solicitar de V.Sa. que interceda junto à Presidência da República e ao Ministério da Saúde, em favor dos empresários lotéricos e seus funcionários, cujas funções além dos serviços de jogos também praticam a rotina de correspondente bancário, por conseguinte fomos inclusive reconhecidos como atividade essencial, e estamos trabalhando desde o início da pandemia sem interrupção com atendimento direto à população, incluindo os beneficiários dos programas sociais do Governo Federal, notadamente durante esta grave crise sanitária que o país vem enfrentando.

Entendemos ser pertinente nosso pleito que, após avaliação do Senhor Presidente, das razões elencadas abaixo, temos certeza que serão consideradas.

1) Alta exposição diária ao vírus, através do contato humano + de 600 pessoas em média por dia passam numa casa lotérica, contato com dinheiro em espécie e documentos que podem ser uma fonte de transmissão do vírus;

2) Nosso atendimento é 100 % presencial não tendo a opção de home office;

3) 80 % da classe lotérica está abaixo dos 30 anos de idade, portanto ainda não abrangida pela vacinação. Apesar dos atendentes das Casas Lotéricas terem menos risco de morte, as famílias destes ficam muito expostas, devido a característica do nosso trabalho de atendimento direto ao público, que tem em sua maioria idades em grupo de risco;

4) a Rede Lotérica conta com cerca de 78 mil pessoas entre atendentes e empresários, temos uma estimativa de 7020 infectados, e 226 mortes.  Estes dados no ambiente da Casa Lotérica pela alta exposição ao vírus, devido ao contato com muitas pessoas diariamente estimamos que seja 20% maior;

É importante ressaltar a necessidade de preservação da saúde não só dos empresários lotéricos e de seus atendentes, mas também aos familiares destes, a população desbancarizada que não tem acesso a uma internet que possibilite outro atendimento que não seja o presencial, além dos pensionistas, aposentados, que precisam ser atendidos por um sem número de razões.

A vacina é, hoje, a única solução para controlar  esta pandemia na Rede Lotérica,  que não tem como realizar distanciamento social e que se expõe diariamente de diversas formas durante o trabalho, para prestar os serviços delegados por nossa permitente, a Caixa, diferente de outros grupos de riscos que podem adotar o distanciamento social e demais medidas de proteção.

Inclusive, somos um grupo alvo de barreiras sanitárias, em territórios produtivos e podemos contribuir para reduzir a transmissibilidade, tamanho e o trânsito de pessoas em nossas lojas.

Por todo o exposto, Senhor Vice Presidente, é que reafirmamos nossas considerações e contamos com o apoio  de V.Sa., no trabalho de provar aos órgãos competentes que a inclusão dos empresários e trabalhadores das Casas Lotéricas no grupo prioritário do Programação Nacional de Imunização – PNI do COVID-19, é sobretudo uma forma não só de ajudar a Rede e a população a qual ela atende, mas também reconhecer o trabalho ininterrupto que esta categoria vem prestando à população brasileira.

Respeitosamente,                                                                       

Jodismar Amaro
Presidente Febralot

                A Febralot está atenta para sempre defender os direitos da Categoria a que representa não importa o âmbito em que as questões sejam tratadas. É um respeito à Rede Lotérica e ao trabalho que desempenha.

#JuntosSomosMaisFortes

#LotéricosValemMais

julho 8, 2021

Febralot reivindica isonomia dos lotéricos após vídeo do presidente da Caixa

Na segunda semana de Julho, o presidente da Caixa Econômica Federal Pedro Guimarães publicou um vídeo nas Redes Sociais onde comunicava que as mais de 84 […]
julho 6, 2021

COMUNICADO FEBRALOT Nº 003/2021

A FEDERAÇÃO BRASILEIRA DAS EMPRESAS LOTÉRICAS – FEBRALOT, entidade com registro sindical para representar a categoria econômica das empresas lotéricas em âmbito nacional, concedido pelo Ministério […]
maio 1, 2021

Dia do Trabalho destaca entregas para a Rede Lotérica

No dia 30/04 reuniram-se através de vídeo conferencia a diretoria da Federação Brasileira das Empresas Lotéricas – FEBRALOT, Presidentes de sindicatos estaduais e executivos da Caixa […]
março 20, 2021

Febralot e Caixa discutem a queda de arrecadação das Casas Lotéricas

Em 19/03/2021, reuniram-se em vídeo conferência, os representantes da Febralot, Sindicatos Estaduais e os Vice-Presidentes de Rede, Estratégia de Rede e Loterias, além dos Executivos da […]